O Hospedeiro

O Hospedeiro, 2006

(Gwoemul)

o-hospedeiro-poster

País: Coreia do Sul

Diretor: Joon-ho Bong

Elenco: Kang-ho Song, Ah-sung Ko, Bae Doo-Na, Hae-il Park

SINOPSE: Na beira do rio Han moram Hie-bong e sua família, donos de uma barraca de comida no parque. Seu filho mais velho, Kang-du, tem 40 anos, mas é um tanto imaturo. A filha do meio é arqueira do time olímpico coreano e o filho mais novo está desempregado. Todos cuidam da menina Hyun-seo, filha de Kang-du, cuja mãe saiu de casa há muito tempo. Um dia surge um monstro no rio, causando terror nas margens e levando com ele a neta de Hie-bong. É quando, em busca da menina, os membros da família decidem enfrentar o monstro.

COMENTÁRIO: Esse filme é simplesmente fabuloso, para dizer o mínimo.Com uma história absurda, mas empolgante, é uma verdadeira homenagem aos filmes B de ficção científica. Só que este é bem dirigido e com ótimos atores.

O filme tem inicio quando um cientista americano manda despejar material tóxico em um rio de Seul. Anos depois, conhecemos Gang-du (Kang-ho Song), que trabalha com seu pai, vendendo comida em um trailer que fica nas proximidades do tal rio. Em poucos minutos sabemos que ele tem uma filha e uma irmã que participa de uma competição de arco e flecha, além de um irmão desempregado. E é justamente nesse pequeno período de tempo em que estamos conhecendo essa família que emerge da água uma enorme e grotesca criatura, que passa a perseguir, matar e devorar ás pobres pessoas que passeavam no parque. No meio da confusão, Gang-du perde a filha, que é levada pela criatura, fazendo com que a atrapalhada família se uma em uma verdadeira saga pra recuperar a menina.

Com certeza, a cena da primeira aparição do monstro é uma das mais espetaculares e impactantes já feitas no cinema atual. Sem essa de ir mostrando o bichão aos poucos, pra ir criando um clima. Ele aparece de uma vez gerando um enorme pânico e terror em todo mundo. Simplesmente genial.

Outro mérito do filme, é a forma como equilibra diversos gêneros distintos como horror trash, ficção científica, drama e comédia. Mas claro que nada disso funcionaria se não fosse o enorme talento e carisma dos personagens. Como já disse em diversas resenhas, uma enorme diferença entre os personagens de filmes orientais e filmes de Hollywood, é que os asiáticos tem alma.Vc realmente acredita que aquelas pessoas podem ser reais, se identifica com elas, torce e sofre por elas.Em nenhum momento eles se transformam em máquinas de matar, muito pelo contrário… elas são muito atrapalhados e fazem uma patacoada atrás da outra. Lembrei bastante de uma outra família maluca, a de “Little Miss Sunshine”( recomendo demais esse filme).

Sem permitir jamais que o ritmo caia, com cenas bastante emocionais sem ser piegas e com uma mistura de gêneros sem nunca ficar confuso “O Hospedeiro”  vai agradar aos mais diversos tipos de público.Totalmente imperdível!

cotação 05 estrelas

Dados do Arquivo:

Servidor: MegaTamanho: 380,7 MBFormato: rmvbIdioma: Coreano Legenda:Português

Download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s