Desafio dos 100 Filmes. # 39.Filme com Astronauta: Memories

Memories, 1995
(Memorîzu)

memories_1995_poster_01

País: Japão

Diretores: Katsuhiro Ōtomo, Kôji Morimoto, Tensai Okamura

SINOPSE: Criado pelo célebre mestre da animação Katsuhiro Otomo, Memories consiste em três histórias deslumbrantes, cada uma com um estilo surpreendente.
“Magnetic Rose”, dirigida por Koji Morimoto e baseada em um curta de Otomo, fala sobre dois viajantes espaciais que, seguindo um sinal, acabam sendo levados para um mundo magnífico criado pelas memórias de uma mulher.
Tensai Okamura dirige “Stink Bomb”, onde um jovem químico acidentalmente se transforma em uma arma biológica implacável pronta para atingir Tóquio.
“Cannon Fodder” de Otomo mostra um dia da vida de uma cidade que tem como único propósito disparar canhões em inimigos desconhecidos.

COMENTÁRIO:Como já cansei de falar  aqui no blog, eu gosto muito de filmes feitos por diversas histórias diferentes, e é o caso de “Memories”, do mesmo criador de “Akira”, Katsuhiro Otomo.O filme contém 3 histórias, cada uma dirigida por uma pessoa diferente. Então vamos a resenha de cada umas.

1º Magnetic Rose

Essa primeira história é a que contém o tema astronauta. Na realidade, é a tripulação da nave Corona que  viaja pelo espaço recolhendo o lixo espalhado no vácuo. Em uma dessas viagens, recebem um pedido de SOS que vem de um estranho veículo abandonado e decidem verificar.Só que essa decisão acaba causando um efeito devastador em suas mentes.

Dirigido por  Koji Morimoto “Magnetic Rose”, sem dúvida, é o que tem o visual mais impressionante, a animação em si, os dos personagens, e os cenários. Só pelo visual, já vale a pena assistir. Mas como se não bastasse essas qualidades técnicas, a história é fantástica. Muito complexa, misturando realidade e alucinação, é importante prestar atenção em todos os detalhes, pois pode se tornar confusa. Com final surpreendente, na minha opinião “Magnetic Rose” é a melhor das três histórias.

2º Stink Bomb

Indo na direção extremamente oposta de “Magnetic Rose” , a segunda história “Stink Bomb”, dirigida por Tensai Okamura é uma comédia super engraçada e cheia de situações pra lá de absurdas.

Tudo começa quando um funcionário de  um laboratório farmacêutico, situado em uma monotona e pacata cidade do interior, que está com uma gripe horrível, toma por engano um pílula secreta, que acaba transformando o pobre coitado em uma arma atômica viva. Seu poder? Matar qualquer criatura viva que se aproxime com o seu insuportável fedor!

Ao mesmo tempo, que faz rir, “Stink Bomb” é uma critica aos cientistas e especialmente aos militares, mostrando a forma patética com a qual se comportariam diante de uma situação que beira o apocalipse. No caso do exército americano, essa instituição, que nos EUA, é admirada e respeitada, aqui é retratada como um grupo de mercenários que só estão interessados em armas e dinheiro e que não estão nem aí para o que pode acontecer com os milhares de civis japoneses. Mas isso já havia sido comprovado, quando eles lançaram a bomba atômicano Japão. Com essa reflexão, “Stink Bomb” consegue ser bem humorado e critico ao mesmo tempo.Resumindo: muito divertido de assistir.

3º Cannon Fodder

O terceiro e último episódio, dirigido por Katsuhiro Otomo, mostra a vida em uma sociedade opressiva e industrializada ao  extremo, completamente dominada pela presença de canhões. A população passa os dias fazendo exatamente as mesmas tarefas monótonas e repetitivas para garantir o perfeito funcionamento dos tais canhões. Nessa sociedade, um garoto sonha com o dia em que se tornará o mestre do grande canhão, o posto mais alto que alguém pode alcançar nessa sociedade.

Esse foi o pior episódio e não me agradou em absolutamente nada, a começar pelo  visual, muito pobre, sujo, com traços feios, e culminando no desenvolvimento da história, que é tão monótona quando a vida dos personagens. O que achei mais interessante foi a semelhança com um filme mudo, que assisti a muito tempo atrás, chamado “Metropolis”, que também retrata uma sociedade oprimida. E também algumas referências claras ao regime nazista, como o uniforme que o menino usa.Mas creio que a mensagem do filme poderia ter sido passada em 5 minutos de filme e de uma forma mais dinâmica.

Chega a ser engraçado, como “Memories”, faz o caminho inverso e não guarda o melhor para o final: “Magnetic Rose” é a perfeição em forma de anime, “Stink Bomb” não é revolucionário, mas é bem feito e divertido, e “Cannon Fodder” é tedioso e mal feito.

De qualquer forma vale a pena assistir.

cotação 04 estrelas

Dados do Arquivo:

Servidor: MegaTamanho: 327,8 MBFormato: rmvb Idioma: Japonês Legenda:Português

Download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s